Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Passagem de ano: Portugal ou estrangeiro?

Ver Resultados

Turismo na América Central afectado pela gripe suína

Turismo na América Central afectado pela gripe suína

O turismo da América central, principalmente no México está a sofrer graves consequências resultantes da gripe suína. Para além do estado do país, muitas viagens foram canceladas, incluindo voos de vários pontos do mundo, como por exemplo Portugal.

Esta epidemia é uma doença respiratória que afecta porcos e é causada pelo vírus influenza tipo A, e que tem diversas variantes, uma delas capaz de infectar o ser humano e de, depois, contagiar outras pessoas.

Conhecido como vírus H1N1, esta doença já tem casos confirmados, para além do país portador, nos Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia, Espanha, França, Reino Unido, Israel, Coreia do Sul e Alemanha.

Apesar de ainda só se terem confirmados mortos no México, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já colocou a gripe suína em alerta de nível 4, admitindo que nenhum país está fora da ameaça desta vaga.

A OMS ainda não aconselhou a delimitação dos destinos de viagens, mas alguns países como é o caso da França e do Reino Unido, já tomaram uma posição mais firme não recomendando viagens para o México.

A gripe suína apresenta os sintomas de uma gripe sazonal, como: febre, tosse intensa e regular, dor de cabeça e nas articulações, falta de apetite e mal-estar.

A Direcção Geral de Saúde portuguesa aconselhou toda a população que tiver que se deslocar para países infectados a tomar cuidados especiais: lavar com frequência as mãos com água e sabão, cobrir a boca e nariz ao espirrar e utilizar lenços de papel.

Apesar de o governo português ainda não ter tomada nenhuma posição, muitas portugueses já cancelaram as férias ao país mexicano.


 
Votar

 

 
comments powered by Disqus